Não há democracia sem a prática do civismo e da cidadania

antonio-ferreira-pintoCidadania é o conjunto de direitos e deveres ao qual um indivíduo está sujeito em relação à sociedade em que vive. Civismo, essencialmente, é algo que se traduz em atitudes e comportamentos que no dia a dia os cidadãos manifestam na defesa de valores e práticas assumidas como deveres fundamentais para a vida coletiva, visando preservar a harmonia e melhorar o bem-estar de todos. Mais especificamente, o civismo consiste no respeito aos valores, às instituições e às práticas políticas de um país.

Dessa forma, o civismo é uma questão de cultura que deve ser estimulado e praticado dentro da sociedade, posto que a ausência deste conceito impede a verdadeira democracia. E é exatamente isso que se observa nos dias de hoje, vez que a violência generalizada mostra a ausência desses valores essenciais.

Somente por meio da cidadania plena e do civismo se edifica uma sociedade melhor e para isso é necessário que haja uma união de esforços de representantes de todos os seus segmentos, algo que acontece, por exemplo, com iniciativas que vem sendo colocadas em prática pelo jornal Viva Leste, pelo qual tenho a honra e a satisfação de me dirigir aos seus leitores.

Não existe consenso sobre a forma correta de definir a democracia, mas a igualdade, a liberdade e o Estado de Direito são pressupostos importantes desde os primórdios dos tempos. Não se pode confundir, porém, com anarquia, com a violência generalizada que tomou conta de São Paulo e do Brasil, que só têm acarretado prejuízos materiais e o sacrifícios de vidas humanas.

Hoje, depois de ter passado pela experiência de ter estado por mais de três anos à frente da Secretaria de Estado da Segurança Pública, consolido ainda mais minha opinião de que se faz necessário criar novas formas de gestão para atender, de maneira mais adequada, os cidadãos, que merecem gozar de tranquilidade para trabalhar, estudar e, promover o desenvolvimento de São Paulo.

Antonio Ferreira Pinto é ex-secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo (2009/2012). Também foi secretário de Secretaria da Administração Penitenciária (2006/2009).

 

Sem comentários, ainda!

Deixe seu comentário

You must be Logged in to post a comment.